Qual a Densidade Correta de Palavras-Chave?

SEO

5% é a Densidade de Palavras-Chave Correta e mais Adequada para Otimização de Sites

Uma das dúvidas mais recorrentes sobre a otimização de conteúdos para buscadores web é a densidade de palavras-chave. A repetição de palavras é um dos conceitos mais difundidos, desde o início da popularização das técnicas de SEO. Ao longo do tempo essas técnicas foram evoluindo e sendo aperfeiçoadas, de modo que os algoritmos fossem capazes de filtrar as técnicas WhiteHat das BlackHat.

Em muitos artigos que falam sobre densidade de palavras-chave e também sobre o tamanho do texto ideal para blogs, você vai encontrar referências à porcentagem de palavras-chave como uma base de cálculo. Existem algumas variações, mas em torno de 5% parece ser a porcentagem mais consensual entre os profissionais, ficando cada vez mais consolidada como a densidade mais adequada para uma boa otimização e para ficar distante das punições pelo uso de BlackHats.

É importante que você tenha a percepção de que é apenas um número aproximado. Pois o Goolge não informa as características mais intrínsecas sobre a maneira do algoritmo buscar e classificar os sites para adicioná los às SERPs. Porém, uma busca aprofundada pelos materiais que o próprio Google disponibiliza, a respeito de otimização de sites, nada pode ser encontrado a respeito da densidade de palavras-chave.

Esses mesmos materiais, permanecem inalterados em relação a diversos aspectos como: títulos, descrições, urls, sitemaps etc. Portanto, podem ser considerados atuais, ainda que tenham sido escritos e disponibilizados a alguns anos. Portanto, a questão da densidade de palavras-chave correta está mais ligada a uma questão consensual que não conta com a corroboração da ferramenta, mas também não é negada pelos desenvolvedores, o que nos leva a crer que a repetição de palavras-chave faz parte das análises dos algoritmos.

Densidade de Palavras-chave Compartilhadas

densidade de palavras-chave deve ser dividida entre as palavras-chave, expressões-chave e também o sinônimos. Para que haja repetição de palavras mas o texto não fique saturado. Além disso é importante mostrar aos buscadores que seu texto contém informação relevante e variada. Não apena um texto sem sentido com um monte de palavras-chave repetidas apenas para atrair a atenção dos robôs. Ainda que você possa ser bem rankeado, a simples repetição de palavras num texto mal feito, pode levar à rejeição alta nos acessos e derrubar seu posicionamento.

Quando o autor do texto adiciona palavras-chave e sinônimos, ele, automaticamente vai ter que elaborar um bom conteúdo para garantir que o texto faça sentido e aborde o assunto proposto desde a primeira tag H1. Quando o algoritmo ler o texto, perceberá que existe uma variação de palavras diferentes mas de mesmo significado. Além disso, a distribuição destas palavras dentro da extensão completa do texto, pode ajudá-los a classificar seu conteúdo como relevante.

Por isso dizemos que a densidade de palavras-chave é compartilhada. Além de palavras-chave, expressões e sinônimos, existem diversos parágrafos que devem ser contemplados com alguma destas categorias de palavra -chave, além das tags de cabeçalho que precisam conter essas palavras.

Na compreensão dos robôs, as tags de cabeçalho são importantes para definir a hierarquia do texto e o que vem a seguir. Cada item (H1, H2, H3, etc) tem sua importância e saber encaixá-las é fundamental. Conseguir utilizá-las para distribuir a densidade de palavras-chave ao longo de todo o conteúdo é também fundamental.

Como Fazer um Texto com Densidade de Palavras-Chave de 5%?

Você pode analisar a quantidade de palavras-chave que poderá repetir (entre palavras-chave e sinônimos) da seguinte forma: imagine um texto com 1.000 palavras. Com a densidade de palavras-chave em 5% teremos em torno de 50 repetições. Aí é só calcular quantas palavras compõem um parágrafo para dividir a densidade em tags de cabeçalho e de texto. A repetição, mais uma vez, não é a parte mais importante, ela ajuda a mostrar aos buscadores que nosso conteúdo é relevante para aquele determinado assunto.

Porém, uma vez que esteja indexado e bem posicionado, é necessário que seja de boa qualidade (em detrimento apenas de encaixar repetições de palavras). Do contrário, receberá altas taxas de rejeição por parte dos leitores. No final das contas, todo conteúdo gerado para a internet deve ter foco na satisfação das necessidades de informação dos usuários. É para oferecer a eles o melhor resultado que o Google volta seus esforços.

Leia Também:

MktOnlineFácil

MktOnlineFácil

Editor

Ajude outras pessoas compartilhando nosso conteúdo. Obrigado 😉