Os 10 Erros Mais Comuns na Monetização de Sites

EMPREENDEDORISMO, TENDÊNCIAS

Uma das grandes vantagens trazidas pela internet e sistemas de busca como o Google, foi a possibilidade de monetizar um site através dos sistemas de parceria. Através desses programas é possível criar um blog ou um site, inserir nele conteúdo relevante e gratuito que possam ser entregues nas SERPs (páginas com os resultados de busca). Uma vez que estes conteúdos são acessados, eles podem apresentar anúncios, inseridos ali pelos códigos dos parceiros.

O Maior e mais popular programa de parceria é o Google AdSense, que oferece anúncios de texto, imagens, Texto e imagem entre outros. Mas existem os parceiros de monetização chamados Native Ads como o Taboola e o Outbrain. A dinâmica é bem simples, um espaço cedido pelo autor do conteúdo permite a entrega de anúncios que vão gerar receita. O sites parceiros que a gerar a receita, recebe um pagamento. Esse pagamento é a monetização do parceiro.

Embora ainda não tenhamos abordado os erros, é importante ilustrar a dinâmica simples do processo de monetização de um site para que você veja como os erros podem afetar consideravelmente seus ganhos e também a relevância de seu site. É imprescindível saber que os erros de monetização são ruins tanto para o Programa de monetização, que perde receita, quanto para o parceiro que, muitas vezes, tem a monetização do site como forma de renda extra na internet.

Vamos apresentar os 10 erros mais comuns e uma breve explicação de como eles afetam sua estratégia. Munido dessas informações, você será capaz de evitá-los, aumentando assim, sua chance de ter uma boa receita na monetização do site.

Quais os Erros mais Comuns na Monetização de um Site?

1 – Pouco Conteúdo no Site

A quantidade de conteúdo no site pode ser fatal para sua estratégia de monetização, pois a taxa de salto maior, permite que um mesmo anúncio possa ser exibido mais vezes para o usuário. Tendo em mente que a frequência de exibições pode levar a um clique, uma boa quantidade de conteúdo deve ser considerada uma vantagem dupla. Já que a monetização do site se faz pelas visualizações e/ou cliques no anúncio. Por isso é importante que um conteúdo leve a outro de igual relevância. O Melhore jeito de corrigir esse problema é verificar a otimização satélite do site e reorganizar os conteúdos.

2 – Excesso de anúncios no Site

Uma grande quantidade de anúncios é um dos erros mais comuns na hora de monetizar o site. A impressão de que um grande número de anúncios vai aumentar a receita é reflexo de uma estratégia de monetização equivocada. Como existem diversas maneiras de segmentar os anúncios, eles podem ser exibidos no seu site/blog em decorrência de uma série de fatores, geralmente ligados ao perfil demográfico ou interesses de seus leitores. Mas, à medida que você tem acessos e um número limitado de espaços publicitários para monetização no site, a concorrência pelas exibições pode aumentar. Como o lance por clique é um leilão, quando um site tem concorrência alta para veiculação de anúncios, a tendência é que o clique para exibir naquele determinado canal seja alto. Porém, se existem muitos espaços, você diminui a concorrência pela exibição, derrubando o valor dos lances, prejudicando a monetização de seu blog.

3 – Conteúdo de baixa Qualidade

O conteúdo de baixa qualidade é outro fator que atrapalha a monetização, pois ele diminui a relevância do site nos buscadores, produzindo uma queda de audiência e resultados orgânicos. Além disso, eles geram alta rejeição e um tempo curto de permanência no site, com baixa taxa de salto. Sem retenção no seu público não há grande número de exibições. Sem frequência não há cliques, sem cliques ou exibições não há receita! Ou seja, a monetização do seu site vai por água abaixo.

4 – Layout Não Responsivo

Os layouts responsivos tornaram-se uma realidade que não voltará atrás. Um site que vai bem na experiência Desktop e Mobile é crucial para sua monetização. Hoje em dia, a prioridade dos buscadores é indexação de sites com experiência mobile em primeiro lugar. Isso dá uma ideia importante do tipo de diferença que o layout responsivo fará à sua estratégia de monetização. Essa adaptação aos ambientes Desktop/Mobile reflete-se também no posicionamento e exibição de anúncios em seu site, uma vez que existem tipos e formatos de anúncios diferentes, disponíveis na plataforma Adsense.

Além disso, existe a possibilidade de monetizar seu site através de uma experiência personalizada, onde o Google escolhe o melhor lugar para exibir os anúncios. Para que essa monetização seja eficaz, você vai precisar de um site que se adapte bem às plataformas, para extrair o máximo do algoritmo do Google e gerar uma boa receita. Por isso se faz imperativo um bom layout que responda bem ao acesso Desktop ou Mobile.

5 – Sites Muito Pesados

No item anterior, citamos a experiência responsiva com um erro na monetização. Agora, vamos apontar outro erro comum que tem a ver com a experiência gerada pelo site também, mas refere-se ao peso dos arquivos que pode levar a um tempo de carregamento de página muito demorado. Isso acarreta uma taxa de rejeição alta por parte dos usuários, e diminuição da frequência em resultados de busca orgânica.

Vale lembrar também que cada novo espaço de anúncio para monetização pode gerar mais um trecho de código a ser carregado, antes de ser exibido. Ainda que leve milésimos de segundo para leitura, cada nova linha de programação vai acrescentando tempo. E isso fará diferença e poderá reduzir consideravelmente sua receita de monetização. Portanto, mantenha seu código limpo e o menos profundo possível, para que você possa adicionar os códigos necessários para exibição dos anúncios e, ainda assim, manter seu código otimizado para o carregamento rápido do site.

6 – Textos Muito Curtos

Textos que possuem pouca informação e acabam ficando muito curtos, além de gerarem pouco acesso, pois tornam-se irrelevantes aos buscadores, causam problemas na monetização porque não retém o público no site. Não geram taxa de salto, têm baixa frequência e poucas exibições. Não há uma fórmula mágica para definir o tamanho do conteúdo, mas existem algumas características que são importantes e devem ser respeitadas, para que haja o mínimo de retenção e recorrência de acessos para sua estratégia de monetização dar certo.

7 – Falta de Otimização do Conteúdo

A falta de organização e otimização do conteúdo tem sido um dos problemas recorrente na monetização de sites. Muitas vezes na pressa e vontade de adicionar conteúdos rapidamente, ainda que de boa qualidade, sem otimização eles podem não gerar o efeito desejado. Muitas vezes é necessário dividir o conteúdo em parágrafos padronizados, adicionar títulos e subtítulos segmentando o assunto e seccionando a leitura. Assim você transforma a experiência de ler seu blog numa coisa mais fácil.

Quando você divide bem o conteúdo e mantém ele bem seccionado, você diminui a dependência das imagens ilustrativas para gerar os respiros da leitura. Além do mais, sem tantas imagens para compor o layout da página, você reduz o tempo de carregamento do site. Como já vimos, os efeitos do alto tempo de carregamento, são nocivos à monetização do blog.

8 – Falha na Instalação dos Códigos

Por incrível que pareça, uma das falhas corriqueiras na monetização dos sites é a falta de instalação dos códigos. Existem autores que instalam os códigos dos anúncios mas esquecem do código de anunciante. Em outros casos, esquecem da instalação de códigos de anúncios otimizados para mobile etc. Porém, o mais comum é optar pela inserção dos anúncios em locais escolhidos pelo próprio Google, o que exige a adição de códigos adicionais, e esquecer de inseri-los. Os códigos requerem atenção especial pois podem ser esquecidos ou ter trechos apagados por engano. Sem códigos instalados corretamente também não haverá receita de monetização.

9 – Escolha Errada dos Locais de Anúncio

Coloque um anúncio em local indevido e isso poderá acarretar uma série de descontentamentos e abandono da navegação. Você com certeza já se irritou com algum site que, antes de mostrar uma pontinha de conteúdo, oferece logo um anúncio de tela inteira. Pois a localização do anúncios deve ser estratégica para gerar receita na monetização e não para gerar rejeição e abandono do site.

10 – Escolha Errada no Formato do Anúncio

A escolha errada nos locais do anúncio é umerro comum de monetização tanto quanto ao formato do anúncio deve ser adequado ao tipo de site e plataforma. Você pode ter um site bem otimizado com um encaixe muito bom de anúncios e com uma boa monetização no anúncio de topo. Mas quando o acesso é via Mobile e este anúncio não se adapta à tela, você pode perder parte da sua receita de monetização. Neste caso a melhor solução seria um anúncio responsivo.

Muitas vezes, num anúncio de barra lateral, um banner comprido pode ser tentador, porém, na experiência mobile ele pode não funcionar bem pois ocuparia muita rolagem de página. Neste caso poderia ser a hora de escolher um anúncio quadrado menor.

Existem muitas possibilidades de anúncios mas, nenhuma delas é 100% a melhor estratégia de monetização. Por isso é importante escolher bem os formatos de anúncio para que seu site ou blog seja rentável. O formato errado na hora errada pode definir uma experiência ruim na hora de monetizar o blog.

Leia Também:

MktOnlineFácil

MktOnlineFácil

Editor

Ajude outras pessoas compartilhando nosso conteúdo. Obrigado 😉