Google RankBrain

SEO, TENDÊNCIAS

Entenda o que é Google RankBrain e qual sua relação com os resultados de pesquisa.

Google RankBrain faz parte do algoritmo do Google para gerar as SERPs (Páginas de Resultados de Busca). Ele utiliza o aprendizado de máquina para determinar quais os resultados mais relevantes para as buscas a serem entregues aos usuários.

O que o Google RankBrain tem de especial?

Atribui-se ao Google RankBrain uma grande capacidade de personalizar os resultados das buscas. Pois elas passariam por uma prévia interpretação, que seleciona, a partir de possíveis fatores (localização, palavras da consulta, etc) para determinar a verdadeira intenção do pesquisador.

Desta maneira, o algoritmo original poderia ter avançado algumas casas. Pois a função de entregar os resultados através de consultas históricas passa a não fazer sentido. Agora, o algoritmo, através do Google RankBrain, passa a utilizar dados históricos para gerar resultados baseados em previsões futuras. Ou seja, antes o resultado era o mesmo para buscas exatamente iguais, ao passo que o Google RankBrain permite um resultado de pesquisa específico para cada pessoa, a depender de diversos fatores.

O que o Google busca via RankBrain?

Veja o exemplo descrito pelo site MOZ, para tentar explicar o que o Google busca entender, numa busca sobre Olimpíadas.

  • Qual é a verdadeira intenção desta pesquisa?
  • O pesquisador deseja saber sobre os Jogos Olímpicos de verão ou inverno?
  • Eles estão se referindo a uma Olimpíada que acabou de ser concluída ou a uma que ocorrerá daqui a quatro anos?
  • O pesquisador está participando das Olimpíadas no momento, sentado em um hotel e procurando instruções para o local das cerimônias de abertura?
  • Eles poderiam estar procurando informações históricas sobre a localização das primeiras Olimpíadas na Grécia antiga?

As respostas representam um verdadeiro desafio ao algoritmo que deve recorrer ao Google RankBrain e sua capacidade de calcular matematicamente os resultados com base nos padrões que aprendizado de máquina “notou” em relação aos dados históricos de busca.

Por exemplo, a maioria das pessoas que pesquisam a “localização das Olimpíadas” deseja saber onde os próximos Jogos (seja verão ou inverno) será realizada. Portanto, nesse caso, uma caixa de respostas do Google com a localização dos próximos Jogos atenderá à maioria das necessidades dos pesquisadores.

Embora essa caixa de resposta possa abordar a intenção por trás da maioria das pesquisas em “local das Olimpíadas”, há exceções notáveis que o Google deve abordar. Por exemplo, se a pesquisa estiver sendo realizada por um usuário em uma cidade olímpica (como Pyeongchang) na semana dos jogos, o Google poderá fornecer instruções de direção para o pavilhão onde as cerimônias de abertura serão realizadas.

Em outras palavras, sinais como a localização do usuário e a atualização do conteúdo devem ser levados em consideração para interpretar a intenção e fornecer os resultados com maior probabilidade de satisfazer os usuários.


Trecho do artigo publicado pelo MOZ (traduzido).

Como o Google RankBrain Afeta as Estratégias de SEO

Você já deve ter reparado que está ficando cada vez mais raro encontrar os mesmos resultados de busca para pesquisas iguais, ainda que você as faça nas mesmas condições. Isso se deve, em parte ao grande número de novos sites adicionados diariamente, mas também em virtude da atuação do Google RankBrain.

Lembremo-nos que o foco do Google não está nos sites, mas sim nos usuários, portanto, é cada vez mais comum vermos os trechos de destaque sendo apresentados em resultados de pesquisa para que o consumidor economize tempo, quando está buscando informações rápidas como: telefone, endereço, preços, nomes etc.

Esses trechos em destaque fazem parte dos resultados provenientes da otimização oderecida pelo Google RankBrain. Imagine que o usuário está apenas em busca de um telefone para ligar para sua loja, ele não precisa entrar no site e ficar alguns segundos procurando. Ele realiza a busca, o Google RankBrain repara que ele busca um telefone, esse número aparece na SERP em destaque e o usuário dá apenas um clique para ligar.

Neste contexto as estratégias de SEO se tornaram cada vez mais estratificadas e complexas. Porém, a análise da concorrência é a maior aliada. Com base na sua concorrência, você pode analisar em que contexto eles são relevantes na busca e onde há brechas. Além disso, você será capaz de adaptar sua otimização para competir com mais qualidade nas buscas, analisando a otimização de seu concorrente.

O Impacto Positivo do Google RankBrain nas SERP

Google RankBrain chegou para ficar e melhorar os resultados oferecidos pelos mecanismos de busca. Além disso, ele facilitou a vida dos geradores de conteúdo que, hoje em dia, tem maior possibilidade de adicionar novos conteúdos e ter bons resultados de posicionamento em um tempo menor. Já que os resultados de busca não dependem apenas dos dados de Relevância de Domínios, antiguidade, número de links indexados etc. A inteligência do Google RankBrain abriu novas portas para mais empresas se beneficiarem do SEO.

Fonte MOZ.

Leia Também:

MktOnlineFácil

MktOnlineFácil

Editor

Ajude outras pessoas compartilhando nosso conteúdo. Obrigado 😉