Veja 5 Motivos que Podem Estar Afetando a Performance de Conversão do Seu E-Commerce e Atrapalhando Suas Vendas.

Em tempos de avanço rumo à tecnologia 5G e alta nos custos operacionais cresce a necessidade de inovar. Boa parte das empresas se prepara para converter suas operações de venda em e-commerce.

Embora a operação seja cada vez mais frequente e segura, existem ainda itens a serem melhorados. A capacitação dos profissionais é cada vez mais latente. Mas é uma realidade mais restrita à grandes e médias empresas.

Os pequenos e microempresários, muito afetados pela Pandemia do Corona Vírus, tentam se adequar à nova realidade. Muitas ferramentas de e-commerce para iniciantes já foram criadas e podem ajudar nesta missão. Porém, além da estrutura de comércio eletrônico, existem outras questões.

Nesse conteúdo mostraremos alguns elementos que fazem bastante diferença. Caso você não domine a técnica da venda online, nosso post vai ajudar. Os itens apresentados como determinantes fazem parte do dia a dia dos profissionais.

Com o conhecimento deles, você com certeza vai expandir sua análise a respeito do seu próprio e-commerce. E também vai entender como melhorar cada vez mais a performance de vendas online.

Seu E-commerce não Vende se Você não Entender Esses Itens

Uma breve descrição dos 4ps do marketing, segundo Philip Kotler, nos ajudará a entender as vendas do e-commerce.

Produto

Todos os aspectos em torno do produto são fundamentais. Em qual contexto ele está inserido e se faz sentido para o cliente a experiência de compra online. Sem um contato físico com o item, quais os argumentos de convencimento serão necessários?

Preço

O e-commerce, em geral, sugere um preço menor que das lojas físicas. Toda a cadeia de venda enseja uma redução de custo para competir. Além disso, existe o frete. Portanto o preço deve refletir um equilíbrio entre a concorrência com as lojas físicas. Por exemplo, produtos de alta rotatividade podem sair bem mais em conta se adquiridos online. Produtos mais difíceis de se encontrar em lojas físicas podem não ser tão mais baratos. Mas podem ser encontrados com mais facilidade nas vitrines virtuais.

Praça

Estabelecer a área de atuação é fundamental. A experiência de comprar online pode ser frustrante caso você não atue na região do clique gerado. Além disso a sua marca pode ter um alcance local mais vantajoso. Isso pode baratear seu custo com promoção.

Promoção

A promoção do produto é a parte em que você se apresenta a seus consumidores. Nesse conceito estão inclusos os pontos de contato da marca, os canais de distribuição, divulgação etc.

Os 4P’s como Método de Análise do seu E-Commerce

A partir do momento que você encaixa seu e-commerce nesses itens, terá noção real da viabilidade dele. Mas isso é apenas o começo. Pois existem muitos outros aspectos a serem considerados quando seu e-commerce não vende.

Imagine que você utilize os 4P’s como uma matriz de análise. Eles servem para qualquer modalidade de negócio. Porém, cada modalidade de venda possui suas próprias características. Portanto, se dentro da matriz de análise preliminar, seu e-commerce já está bem calibrado, vamos às características específicas da venda Online.

A seguir vamos elencar 05 motivos que podem explicar a baixa performance do e-commerce.

05 Coisas Que Atrapalham Seu E-Commerce

Se você está enfrentando dificuldades com as vendas de seu e-commerce veja 5 coisas que podem explicar.

  1. Velocidade de Carregamento do Site;
  2. Experiência Mobile;
  3. Confiabilidade da Loja;
  4. Quantidade de Sku’s;
  5. Argumentos de Venda e Convencimento;

Velocidade de Carregamento do Site

Um site que demora a carregar não tem performance de acesso. Logo, quando demora a carregar as páginas o e-commerce não vende. É claro que existem muitos aspectos que podem influenciar na velocidade de carregamento. Para solucionar este problema, o ideal é recorrer a uma ferramenta de análise e diagnóstico.

Uma das melhores é o Google Pagespeed Insights. Lá você terá um diagnóstico completo. Serão analisados diversos aspectos a partir da performance de carregamento. A performance entre Mobile e Desktop serão mostradas em painéis separados. A partir daí é só olhar os itens a serem melhorados que a própria ferramenta aponta.

O carregamento lento não é perdoado pelo usuário que desiste ao menor sinal de lentidão. Logo ele volta à tela anterior e busca uma nova opção. Por isso, se o seu e-commerce não vende, pode ser devido à velocidade de carregamento.

Experiência Mobile

A velocidade de carregamento é parte do problema. Porém há uma experiência esperada pelo usuário. A maior parte dos acessos para compras começa no smartphone. Se a sua loja virtual não está bem calibrada para o acesso mobile isso é um problema.

O próprio Google recomenda como boa prática de SEO o critério “Mobile First”. Que significa focar primeiro na experiência em dispositivos móveis. Você pode conferir os acessos de seu site em seu painel do Google Analytics. Verifique a rejeição e engajamento dos acessos via smartphone.

Se o cliente faz compras ou inicia sua jornada de compra a partir do dispositivo móvel, convém que seu e-commerce esteja preparado. Lembre-se que o uso de dispositivos móveis pode ser em diversas situações ou locais. Isso exige uma experiência mais retilínea e objetiva. Inclusive com possibilidade de interrupção e retomada sem voltar à estaca zero.

Muitas vezes as compras realizadas via smartphone são até mais rápidas. Procure verificar o quanto pode ser encurtado o caminho até a conversão. Se o seu e-commerce não vende, pode ser que a experiência Mobile não seja das melhores.

Confiabilidade da Loja

Um dos aspectos que mais influencia a performance do e-commerce é a confiabilidade. Além de todo o trabalho de Branding a ser feito em torno da marca existem os aspectos técnicos. Uma medida imprescindível para dar mais confiabilidade a seus compradores são os certificados de Trustness e Segurança.

Um dos mais populares é o Certificado SSL (Secure Sockets Layer). É um serviço pago mas em algumas hospedagens ele já está incluso. Entre as funcionalidades básicas deste certificado estão:

  • Ele autentica a identidade do site (isso garante aos visitantes que eles não estão em um site falso)
  • Ele criptografa os dados transmitidos
Os Certificados dão credibilidade e são facilmente reconhecidos

O SSL é facilmente reconhecido pelo cadeado que aparece na barra de endereços, ao lado do site. Há também outra característica dos sites com SSL, o HTTP antes do site passa a ser HTTPS. Além deste certificado, temos outros selos como o Site Blindado e o Norton.

Estes Selos ajudam na hora de garantir a segurança e confiabilidade do seu site. Lembre-se de que o cliente está em busca de uma compra, mas uma compra segura. Se o e-commerce não vende apesar da boa experiência de navegação, pode ser por conta da confiança.

Vale lembrar que quando você clica nestes certificados, quando são verdadeiros, eles mostram informações sobre a confiabilidade do site. No cadeado ele mostra no próprio navegador. Em outros selos, ele encaminha para uma nova página, fora do domínio do site, com os dados de validação do certificado.

Veja Aqui os selos de segurança mais utilizados em e-commerce.

Quantidade de Sku’s

O Número de SKU’s (Stock Keep Unit) é um dos maiores gargalos do e-commerce. A profundidade de navegação no site depende da quantidade de informação contida nele. No caso do e-commerce a quantidade de SKU’s interfere na performance de vendas.

Todo cliente gosta de ter opções e olhar a vitrine. Sua loja online precisa oferecer muitas opções. Quanto maior a quantidade de SKU’s e mais significado eles tenham para o cliente, melhor a performance de vendas.

Se você oferece poucas opções, a chance de o cliente navegar por pouco tempo em seu site é grande. Sem opções de escolha, o cliente logo desiste da navegação e o e-commerce não vende. Lembre-se que sua loja virtual compete com muitas outras. A competição fará diferença tanto com os SKU’s quanto com os argumentos de venda e convencimento.

Argumentos de Venda e Convencimento

Se, após verificar tudo, não entender por qual motivo o e-commerce não vende, verifique os argumentos de venda e convencimento. Eles são peça fundamental na estratégia de vendas online.

O que são os argumentos de venda e convencimento?

Esses argumentos, dentro do contexto do e-commerce, nada mais são que as informações sobre o produto. Você pode escalonar em grau de importância como: imprescindíveis, importantes e úteis. Ou pode escolher uma outra metodologia. Porém é importante que seu site seja o mais proeminente em informações relevantes a respeito do produto.

Quanto mais informativo e demosntrativo for seu e-commerce, melhor será sua performance de vendas. Neste caso valem as máximas de conteúdo e forma também. Imagine que você utilize um texto com 4 parágrafos para descrever seu produto. Essas informações se mostram eficazes e ajudam.

Agora imagine se você converte um dos parágrafos em um checklist com os benefícios e o parágrafo onde você descreve como utilizar se transforme num vídeo demonstrativo. Muitas vendas podem ser decididas ali. Lembre-se que você está em um ambiente extremamente competitivo que é a internet.

Seu e-commerce é um entre vários e quando o cliente acessa, também está de olho em outras lojas virtuais. Por isso saber vender o produto, que geralmente é igual ao dos outros, exige uma dedicação maior aos argumentos.

Se seu e-commerce não vende aprenda mais sobre ele.

Sem dúvida que atividade de uma loja virtual é tão encantadora quanto complexa. Até mesmo para os profissionais é uma atividade cheia de nuances. Mas todos somos capazes de montar uma loja virtual com todos os recursos disponíveis para iniciantes.

Existem diversos artigos que falam sobre criação de sites, otimização de sites etc. Mas existem truques que vamos aprendendo ao longo da experiência adquirida. O fato é que nunca devemos parar de buscar o conhecimento neste mundo virtual. Ele nunca está estático, pelo contrário, caminha a passos largos para evoluir a cada dia.

Uma boa leitura nunca é demais. Veja aqui uma lista de livros sobre Vendas na Internet. E alguns livros sobre e-commerce. Alguns dos muitos livros de e-commerce na Amazon estão disponíveis em Kindle Unlimited.

MÃOS À OBRA!

Assine nosso Feed no Google Notícias e fique por dentro das postagens direto no seu smartphone.

Write A Comment