Como Escrever Textos para Blog?

SEO, TENDÊNCIAS

Conheça as 6 Regras de Ouro para Escrever Textos Incríveis e de Alta Qualidade para Seu Blog.

É muito comum ter dúvidas sobre qual a melhor maneira para escrever textos para blog. A raiz dessa dúvida pode ser a existência de muitas métricas a serem observadas dentro da otimização, o que reflete, diretamente, na estruturação do texto. Neste conteúdo vamos listar as 6 regras de ouro para escrever bons textos para seu blog, como foco na escolha do assunto e estrutura de argumentação e convencimento. Desta forma, você ficará muito mais preparado para escrever textos para seu blog, com alta qualidade, além de conteúdos mais cativantes.

O Aprendizado é o Principal

A maior parte das buscas realizadas no Google são feitas em busca de conteúdo. Quanto maio o aprendizado, maior a recomendação do conteúdo e, consequentemente, melhor a reputação de seu blog. A capilaridade oferecida pelos sistemas de compartilhamento de conteúdo, faz com que a criação de textos para blog tenha sua importância aumentada.

A criação de um bom conteúdo, que tenha, ao mesmo tempo, otimização, qualidade técnica e carisma, é fator divisor de águas entre o sucesso e fracasso na hora de aparecer nos resultados de busca. A criação de bons textos para blog requer atenção a alguns detalhes que fazem parte de um grande conjunto de técnicas com foco na experiência do usuário, que é grande fonte de informação do algoritmo para classificar seu site.

Você precisa estar atendo aos passos, extremamente simples, para criar textos cada vez mais cativantes, relevantes e interessantes. Lembre-se que o foco do conteúdo é ensinar algo a alguém, por isso, para criar o texto para seu blog, a premissa inicial é: O Conteúdo é o Rei. Nesse contexto, o aprendizado é o objetivo de qualquer usuário, que não aceitará como um bom conteúdo aquele que não traz o benefício do conhecimento gratuito.

Quais as 06 Regras para Escrever Textos de Blog?

  1. Escolha as Palavras-Chave
  2. Defina o Tamanho do Texto
  3. Prepare o Leitor
  4. Crie uma Ambientação
  5. Argumento + Convencimento = Profundidade
  6. Conclua Recapitulando

1 – Escolha as Palavras-Chave

Escolher as palavras-chave pode parecer uma etapa aparentemente simples. De fato é! Porém, muitas vezes, devido à pressa, os geradores de conteúdo acabam passando por ela sem a devida atenção, e o texto deixa de ter o foco certeiro. Lembre-se que você escreve um texto para esclarecer um determinado assunto e pretende que ele alcance bom posicionamento nas SERPs. Portanto, é imprescindível escolher e fazer as melhores palavras-chave para que você possa gerar o texto com foco apenas nas palavras-chave escolhidas, além de utilizar os dados de pesquisa para definir qual o tipo de correspondência de palavra será mais adequado.

2 – Defina o Tamanho do Texto

Definir o tamanho do tamanho é imprescindível pois, além de escolher as palavras-chave, você também deve decidir qual o tipo de conteúdo será criado (conteúdo de busca, acessório etc). A partir daí, você terá uma boa ideia para gerar o texto respeitando a densidade correta de palavras-chave para otimizar seu conteúdo sem cair em práticas de Black Hat e acabar sendo punido pelos buscadores, em especial o Google. Escolhendo o tamanho do conteúdo corretamente, sua tarefa na hora de posicionar o texto dentro do site para respeitar a hierarquia de navegação será mais fácil. Esse trabalho faz parte da otimização do conteúdo e também da qualidade tanto do texto quanto da navegação.

3 – Prepare o Leitor

Depois de definir as questões técnicas do texto, de olho no posicionamento nos buscadores web, você deve escrever propriamente o texto. Seguindo as etapas que estamos abordando aqui, você com certeza terá maior facilidade em entender como o conteúdo é formado para, além de informar, ser de alta qualidade. Isso vai impactar diretamente na sua estratégia de otimização de site, pois afetará métricas como: taxa de salto, rejeição etc.

Repare que o parágrafo acima foi de preparação, embora bastante resumido. A fase de preparar o leitor é como uma introdução do texto para o blog. É a fase onde você deve abordar o tema proposto de maneira a prepará-lo para entender o conteúdo oferecido. Ou seja, você vai dizer ao leitor do que se trata o texto do blog, estrutura e sequência de leitura, para que ele saiba o que esperar.

4 – Crie uma Ambientação

A Ambientação na hora de criar textos para blog é uma fase de argumentação onde você gera um cenário possível, provável e mensurável. Ou seja, você mostra para o leitor que o conteúdo é importante, onde é relevante e como poderá ser utilizado. Você vai escrever um texto dentro de uma estrutura que seja capaz de demonstrar ao usuário do site qual o benefício ele terá através do aprendizado do conteúdo oferecido.

Não pense que o conteúdo do seu site é melhor que os outros, ou que o leitor somente lerá suas considerações. Seu leitor está buscando aprendizado e, portanto, visitará outros resultados. Então, deixe seu leitor, através da ambientação, seu leitor ciente de qual o aprendizado virá através de seu conteúdo. Neste caso, a ambientação juntamente com a preparação, devem demonstrar ao leitor todos os pontos que serão abordados. Desta forma ele não se decepcionará ao chegar no meio do texto ou mesmo no final.

5 – Argumento + Convencimento = Profundidade

Argumento de venda x convencimento é um conceito retirado da propaganda (técnicas de persuasão). Mas que não se refere,necessariamente, à venda de algum produto. É uma fase de argumentação onde oferecemos argumentos a respeito dos pontos de vista que estamos apresentando. Basicamente, são os benefícios prometidos que deverão ser provados numa fase posterior. É uma feature que têm significado por si mesma, porém precisa de um argumento que prove sua eficácia.

No caso da criação de textos para blog, podemos ilustrar através dos links internos (existem outros exemplos). Supondo que estamos abordando um determinado assunto e, através de uma palavra âncora, colocamos um link para para expandir a leitura para algo mais específico que não cabe no texto escrito, devido à otimização para palavras-chave restritas. Dessa forma, aprofundamos aquele assunto abordado, sem comprometer o foco definido. Quanto mais convincente for o texto, mais profunda será a navegação.

Ou seja, quando você oferece bons argumentos de venda e consegue convencer o leitor a confiar em seu conteúdo, através de um conhecimento complementar em links internos mas também externos, ele vai aprofundando a navegação e essa distribuição de autoridade de página e domínio representa uma melhor experiência do usuário. Essa navegação diz muito sobre a qualidade do texto. A taxa de retenção do público oferece uma boa ilustração de quão bom é nosso texto. Portanto, argumentar e convencer é manter os usuários interessados no conteúdo.

6 – Conclua Recapitulando

Sempre que possível, conclua a criação do texto para o blog recapitulando os itens ou reambientando o conteúdo, agora partindo do pressuposto que o leitor já está mais por dentro do assunto. É como uma revisão das etapas mas de maneira bem resumida. Lembre-se que trata-se da conclusão do conteúdo mas também pode ser a conclusão de da argumentação de itens específicos, uma vez que seu conteúdo possa ser de mais de 2.000 palavras. Isso exigiria uma hierarquia mais refinada. Caso esteja com dificuldade de recapitular sem parecer repetitivo, uma boa dica é ilustrar através de um exemplo prático ou a sugestão de um exercício de reforço, se for possível.

Exemplo de Como Escrever Textos para Blog

Vamos imaginar que o texto será sobre Marketing Digital, seguiremos através de todas as fases para exemplificar através de um curto texto como desenvolver o conteúdo para seu blog.

Escolha as Palavras-Chave

Nossa palavra-chave escolhida será “Marketing Digital para Inciantes”.

Defina o Tamanho do Texto

Nosso texto terá em torno de 300 palavras.

Prepare o Leitor

Título: Marketing Digital para Iniciantes
Subtítulo: Conheça as 2 Principais Ferramentas para Iniciantes no Marketing Digital.
O marketing Digital é um grande conjunto de ferramentas que pode auxiliar suas atividades empreendedoras. Durante este conteúdo vamos abordar as principais ferramentas de Marketing Digital e como elas vão auxiliar você a descobrir oportunidades e impulsionar seus negócios.

Crie uma Ambientação

Quando se popularizou, a internet se tornou um ambiente próspero para negócios, No início, as principais informações circulavam através de notícias e venda de espaços publicitários. Com o passar do tempo, a web se tornou um grande ferramenta de busca e troca de informação. Essa mudança criou uma grande ambiente de negócios que mistura o offline e o online, catapultados através de técnicas e ferramentas que compõem o que chamamos Marketing Digital.

As empresas que já existiam no ambiente offline tiveram que migrar parte de sua comunicação, quando não se viram obrigadas a migrar parte da atividade para o mundo digital. DIficuldades que as novas empresas não enfrentavam, pois já nasciam com a visão do Marketing Digital. Porém, isso não implicava em sucesso imediato, pois, muitas vezes os empreendedores não detinham todo o conhecimento do Marketing Digital. E isso trazia dificuldades que, não raro, culminavam com o encerramento precoce das atividades.

Argumento + Convencimento = Profundidade

Título: 2 Ferramentas de Marketing Digital para Iniciantes
GOOGLE TRENDS: O Google Trends é uma ferramenta poderosa que vai indicar a você tendências de buscas e de mercado. A coleta de informações pode ajudar você a definir os nichos onde atuar.

THINK WITH GOOGLE: esta é uma ferramenta de insights do Google que vai ajudar você a comrpeender os pontos de contato do Marketing Digital com seus clientes e como e quanto representam na jornada de busca até uma conversão.

Conclua Recapitulando

Agora que você já conhece as 2 principais ferramentas, comece já a planejar seu negócio. Com as informações disponíveis, você pode escolher como e onde começar seu empreendimento. Monte sua estratégia de Marketing baseada nos nichos e tendências indicadas e aproveite o máximo das informações oferecidas gratuitamente.

Leia Também:

MktOnlineFácil

MktOnlineFácil

Editor

Ajude outras pessoas compartilhando nosso conteúdo. Obrigado 😉